Terceirização sem limites pode pegar atalho e nem depender do Senado

“Projeto Zumbi”, PL 4.302 é ainda mais nocivo que texto em tramitação no Senado e depende de pouco para ser aprovado

Escrito por: CUT Brasília

Uma nova ameaça contra os direitos dos trabalhadores ressuscitou neste mês de novembro na Câmara dos Deputados, e chega a ser ainda mais prejudicial que o projeto de lei complementar (PLC) 30, que atropela praticamente toda a legislação trabalhista atual. Estamos falando do projeto de lei 4.302/1998, que estava sem qualquer movimentação há 14 anos e voltou das cinzas no último dia 17, quando o relator da matéria, Laércio Oliveira (SD-SE), apresentou parecer favorável à matéria na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Curiosamente, Laércio Oliveira (SDD-SE, partido de Paulinho da Força) é empresário ligado ao setor da terceirização e vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio (CNC).

“O setor empresarial e ruralista dentro e fora do Congresso Nacional vem atuando em todos os espaços para precarizar ainda mais as relações de trabalho. O objetivo é aumentar os lucros, independente do estrago que isso faça na vida dos milhares de trabalhadores e trabalhadoras”, lembra Julimar Roberto, secretário de Administração e Finanças da CUT Brasília.

A última movimentação do PL foi em 2002, quando foi aprovado na Comissão de Trabalho da Câmara, após parecer favorável do ex-deputado do PMDB goiano Sandro Mabel, hoje assessor especial do governo ilegítimo Michel Temer. Mabel também é autor do PL 4.330, hoje PLC 30 no Senado, que almeja a liberação da terceirização da atividade-fim, abrindo brecha para a subcontratação sem fim e sem controle, deixando portas e janelas abertas para total precarização do trabalho e a facilitação do calote no trabalhador, ilegalidade já existente neste tipo de contratação.

O agravante do PL 4.302/1998 é que ele já teve parecer favorável dos plenários da Câmara e do Senado, e depende apenas da aprovação final da Câmara, onde a correlação de força entre representação de trabalhadores e empresários é totalmente desnivelada, pendendo claramente para o setor patronal.

“Como o projeto 4.302 é antigo, se o presidente da CCJ, Osmar Serraglio (PMDB/PR), quiser levar direto para o plenário da Câmara, ou tiver um requerimento para isso, ele pode. E aí, se aprovado, vai direto para sanção presidencial”, alerta o assessor técnico do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Neuriberg Dias.

Segundo ele, “o projeto é extremamente preocupante e atende exclusivamente a agenda do setor empresarial”. Isso porque além da terceirização ilimitada e irresponsável, o PL ainda amplia o trabalho temporário para 12 meses (hoje limitado a 3 meses + 3), sem limite de renovação, e implementa o trabalho intermitente (aquele realizado por hora, dia, mês), também sem limite. “É um tripé que desestimula a contratação direta e, consequentemente, impede que o trabalhador tenha os direitos trabalhistas fixos e integralmente garantidos”, explica Neuriberg Dias.

Diante da conjuntura política preocupante, movida por um golpe parlamentar sobre a sociedade, o mais provável é que Laércio Oliveira pressione o presidente da CCJ para dar celeridade ao projeto de lei 4.302, e tenha apoio para isso.

Nesta quarta-feira (23/11), dirigentes da CUT e de outras centrais sindicais se reunirão com o presidente do Senado, Renan Calheiros, para tratar do PLC 30, que tem previsão de votação para esta quinta (24). Eles aproveitarão a ida e esticarão a visita até a Câmara, onde conversarão com o presidente da Casa, Rodrigo Maia, sobre a necessidade de barrar o avanço do PL 4.302.

 

 

(*) Matéria publicada originalmente no site da CUT Brasil

COMMENTS

  • <cite class="fn">Rebignott</cite>

    Levitra Farmacia Online Ciprofloxacine Uniflox Order Accutane Online From Canada comprar viagra generico linea Cialis Mezza Pastiglia

  • <cite class="fn">curry 6</cite>

    My spouse and i ended up being satisfied that Michael could round up his investigation through your precious recommendations he came across from your weblog. It is now and again perplexing just to find yourself offering procedures that many other folks have been selling. And we also see we need the writer to be grateful to for that. Those illustrations you’ve made, the straightforward web site navigation, the friendships you aid to create – it is many fantastic, and it is letting our son and us know that the situation is cool, which is incredibly fundamental. Thanks for all!

  • <cite class="fn">kyrie shoes</cite>

    I am commenting to let you understand what a helpful discovery my child went through visiting your web site. She learned too many pieces, which include what it is like to have a great teaching heart to let most people without difficulty know precisely a variety of impossible topics. You actually did more than people’s expected results. Many thanks for delivering those interesting, trusted, edifying and unique guidance on that topic to Tanya.

  • <cite class="fn">kd 11 shoes</cite>

    I must show my love for your kind-heartedness for persons who really need help on this particular theme. Your personal dedication to passing the solution around had become unbelievably helpful and has really allowed guys and women much like me to attain their pursuits. Your helpful guidelines means so much a person like me and much more to my colleagues. With thanks; from everyone of us.

Leave a Comment